Editorial – Uma reflexão sobre Android, Windows 10 e concorrência.

By -

Nessa semana fomos surpreendidos novamente por um rumor que deixou muita gente encafifada. Microsoft estaria preparando terreno para abandonar o Windows 10 em smartphones e passar a trabalhar com Android. E várias evidências apontariam para essa possibilidade, que são:

  • Investimento na Cyanogen, um sistema operacional baseado no Android só que sem a dependência dos serviços Google, que terá como consequência a pré-instalação de serviços Microsoft no sistema em questão;
  • A chegada de praticamente todos os serviços da empresa para o sistema da Google, incluindo a Cortana, o que deixou muita gente encafifada também;
  • (Pasmem) O fato dos novos dispositivos móveis apresentados no evento do começo do mês  (Lumia 950 e 950XL) terem botões virtuais ao invés de capacitivos, o que facilitaria a utilização de um sistema com botões virtuais diferentes (tipo um triângulo, um círculo e um quadrado)
Pois bem, deixe-me comentar sobre esses rumores que, em minha opinião, são sem nenhum fundamento, pior do que o argumento do maior hater da Microsoft existente no universo.
Pensar num abandono do Windows 10 Mobile pela Microsoft nesse momento seria no mínimo loucura, já que a empresa trabalhou arduamente e por vários anos para construir esse ecossistema integrado que finalmente tomou coragem de lançar, meio que aos poucos, ao grande público. Onde estaria a integração da Cortana, que no Windows 10 Mobile está profundamente atrelada ao sistema? Os aplicativos universais funcionariam no computador, no tablet, no Xbox e no celular… não? Investir num sistema com suporte aos apps de Android mas sem os serviços da Google não seria má ideia. Mas esse sistema já existe, e não falo do Cyanogen. É o Windows 10 Mobile.
A chegada de serviços importantes da MS ao Android é algo que já falei anteriormente, mas não dói nada citar novamente: Essa ação faz parte da nova filosofia de mercado da Microsoft, “ir até o seu usuário, onde quer que ele esteja”. Diferente de uma certa empresa que começa com Go e termina com Ogle, que deseja que o usuário utilize os dispositivos que ela suporta. Ela dá duas opções ao usuário: Ou você usa o Android ou você usa o iOS. “Sim, mas e pra Windows Phone?” “te vira”. Mesmo assim, o melhor sistema para usar os serviços da Microsoft é o Windows. A experiência é similar nos três sistemas, sem essa de “No sistema A ou B é melhor que no Windows”. O Office Mobile mesmo é um exemplo, a nova versão permite que o usuário crie e edite documentos de forma gratuita, desde que se use um dispositivo menor que 10 polegadas.
Quanto ao argumento dos botões virtuais… Essa foi boa viu? Mas… não. Não teremos Lumias com Android. Nunca.
Então é isso. Essa é minha opinião sobre os boatos que ocorreram essa semana. Se não concorda, que bom! Forme a sua opinião, mas não se baseie em qualquer site que diz qualquer coisa sobre Windows.
  • Luan Oliveira

    Leo , vamos lembrar que a Microsoft não é mais uma empresa que faz dispositivos e produtos , depois que o nutella chegou, a MS virou uma empresa de SERVIÇOS. O Azure e o melhor sistema em nuvem , o office 365 sem duvida é o melhor serviço de de escritório. E são ainda aonde mais lucram , se prender em um sistema só é burrada , eu acho fenomenal a ideia deles de enxurrar o sistema adiversario com seus serviços e dizer. “Ta vendo isso ai? Se é bom aqui imagina no meu sistema , feito especialmente pra ele”. A ideia é simples e básica, mostrar qm manda em certas áreas.

  • http://wincentral.com.br Vitor Mikaelson

    Aliás, nem faz sentido ela lançar um Android, já que dezenas de fabricantes lançam Android com Office, OneDrive, OneNote, Skype… Só aumentaria mais os custos para ela. Aliás, qual a vantagem de um Android sem a Play Store? Se quer sem, pega o Windows 10 Mobile que rodará apps do Android…

    • Jack Silsan

      A falta da Play Store talvez pudesse ser suprida com a compra de um loja de terceiros. Se não me engano a APK Mirror é uma dessas opções

      • http://wincentral.com.br Vitor Mikaelson

        APK Mirror não ia adiantar nada. APK Mirror tem apps com Play Services.

        • Jack Silsan

          Tenho certeza que existe alguma alternativa, e provavelmente uma chinesa

          • http://wincentral.com.br Vitor Mikaelson

            A questão não é a loja. É o Play Services. Os apps mais interessantes utilizam Play Services. O mesmo trabalho de tirar o Play Services e enviar para a loja, é o mesmo de trazer os apps para o Windows 10 Mobile (literalmente, o mesmo)

          • Leonardo Thomaz

            Ai que entra o tão famoso project astoria, os apps são portados e… Vocês sabem como funciona. Resolve o problema de tudo!

  • Jack Silsan

    A única coisa que faria sentido nessa possibilidade é a Microsoft comprar o Cyanogen e rebatiza-lo de Windows Open ou algo do tipo. E isso pode sim acontecer. Mas duvido que o Windows 10 Mobile fosse abandonado, mesmo que o Cyanogen fosse comprado

    • Leonardo Thomaz

      Comprar nao. Mas se eu fosse a MS, eu patrocinaria a Cyanogen como alternativa ao Android e até mesmo ao Windows.

      • Jack Silsan

        Comprar ou não, eis a questão. Não faria diferença.

        A Microsoft teria nas mãos um sistema operacional. Ponto. Mas a estratégia do Nadella é oferecer uma experiência Microsoft única, e por experiência Microsoft entenda-se nuvem – OneDrive, OneNote e principalmente Office são os atores principais dessa estratégia, e o sistema (Windows, Cyanogen, iOS…) é um meio e não um fim

    • Anakin

      Mas se ela comprar ela teria que manter o novo SO de código aberto, ou não? Porque se não me engano, os softwares baseados em código livre tem que ser livre também.

      • Jack Silsan

        O Android é open source (AOSP, Android Open Source Project), e mesmo assim é proprietário. O Google faz com ele o que quiser.
        No máximo, outras empresas poderiam usar o Cyanogen OS para criar algo em cima, assim como a Cyanogen Inc. criou algo em cima do Android

  • Anakin

    Se ela realmente lançar um sistema com Android vou querer um, mas com a Play Store, porque acho o hardware bonito, mas o wp não me desce.
    P.s. Só pelo fato de usar a palavra “Nunca” meio que joga seu conhecimento sobre Microsoft no chão, a MS nunca descarta absolutamente nada e outra, adora rever seus produtos, praticamente todos já sofreram mudanças e algumas até meio que inacreditáveis (One Drive sendo reduzido drásticamente)